domingo, 13 de setembro de 2009

Se fosse fácil, todo mundo era...

14 comentários:

  1. é isso aí meu caro... todas as tecnologias disponíveis em uso... além disso o texto primoroso e o bom humor de sempre... aguardo o zé!!!!

    abraço irmão

    ResponderExcluir
  2. Um tapa na cara dos chatos que criticam tudo. Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Muito bacana!!!
    Vi as fotos "passeando" enquanto a música rolava e não pude deixar de pensar q eram pessoas q de uma forma ou e outra, num campo ou noutro, deixaram algo, e por isso estão aqui nessa homenagem... O mais triste, sem dúvida, é a existência inútil, o não fazer nada para nem por ninguém, o passar sem ninguém notar, sem nada a acrescentar. Deixar algo (que preste, rsrs): é a meta q traço pra minha existência. Se isso não acontecer... foi à toa.

    Muito, muito legal essa sua montagem!
    Obrigada por me fazer viajar!!!! E a música não poderia ser melhor! Bjs ;) Tercia

    ResponderExcluir
  4. Cida Fernandes, do Coletivo Cultural, nos escreveu:

    Cláudio, mais um vez obrigada por nos brindar por esse trabalho.
    Hoje é segunda-feira e Bidú + Villa caiu como uma luva pra começar a lida!
    Vou la no Twitter/Facebook/meu humilde blog recomendar
    beijos
    Cida Fernandes

    14 de Setembro de 2009 03

    ResponderExcluir
  5. Renato,

    Muito interessante a colagem tropicalista. Queria, por isso, sugerir que você incluísse, entre os homenageados, o artista plástico Hélio Oiticica, que deu origem a movimento tão interessante, que sacudiu as artes, a música, a política, enfim, toda a sociedade brasileira.

    Um abraço,

    Graciano Filho - João Pessoa (PB)

    ResponderExcluir
  6. Concordo com Cida e assino embaixo: começar uma segunda-feira cinzenta, com essa música, com essas imagens, Gabo, Lamarca, Ariano, Elio, Sharon, Dorival, Adoniran, Machado, enfim, essa viagem só de ida sem sair da cadeira. Mas quem disse que não flutuei pela casa enquanto fechava os olhos para ouvir mais o que não se ouve com os olhos cerrados?

    Obrigado, amigo, pela ideia e pelo presente!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  7. Lindo, lindo, lindo!
    Passar uma ideia tão delicada de forma concisa e com um fundo musical desses é um luxo.
    Obrigada pela homenagem!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Honra maior é te ver no meu blog. Saudade maior é a que nós temos de você. Orgulho maior é saber que, com diploma ou sem diploma, jornalismo é pra gente feito tu...pra quem pode!
    .
    Um forte abraço dum amigo que aluno vai ser sempre.

    ResponderExcluir
  9. A idéia do slide é maravilhosa!
    Estar, seja entre as influências ou as admirações, me deixa bastante lisonjeado.
    Saiba que a recíproca é verdadeira.

    ResponderExcluir
  10. obrigado por me colocar entre tantos grandes, meu irmão....generosidade sem igual...
    abraço

    ps.:dá uma olhada lá no www.anandersonpinturas.blogspot.com tem coisa nova.

    ResponderExcluir
  11. Claudio Renato, craque em tudo!!!!
    No jornalismo, dos textos belíssimos, na criatividade e na tecnologia!
    Maravilhoso. Cadê sua foto lá?!

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Uma viagem pelos rostos e suas histórias. Uma dança da alma ao som emocionante dessa melodia. Inspirador...
    Parabéns pela ideia!

    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  14. Que viagem, amigo. Quase um encontro celestial. Acho que quando partirmos vamos encontrar um ambiente assim. Incluiria ali o Mao porque, afinal, não viemos aqui a passeio, não é mesmo??

    ResponderExcluir